16D aumento-de-mamas.png

Mama | Aumento

A mamoplastia de aumento é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no mundo. Sua popularização deve-se aos inúmeros avanços tecnológicos, que permitem a realização de procedimentos cada vez menos invasivos, com um resultado natural e a preços mais acessíveis.

 

Esta cirurgia é indicada para pacientes que apresentam ausência congênita de mamas, insatisfação com o tamanho (volume pequeno) ou mamas de tamanhos distintos. Ela corrige essas imperfeições por meio da colocação de próteses de silicone, que atualmente apresentam as mais variadas formas e tamanhos.

A escolha da prótese perfeita dependerá do caso de cada paciente, e o plano cirúrgico será traçado pelo médico cirurgião, a fim de atender às expectativas da paciente. O procedimento cirúrgico dura em média de duas a três horas, sendo realizado com anestesia local com sedação ou mesmo com anestesia geral.  As incisões são normalmente realizadas em locais estratégicos, como sulco inframamário, prega axilar ou periareolar (na borda inferior da aréola), com o objetivo de deixar as cicatrizes menos aparentes.

 

O processo de recuperação é relativamente tranquilo, desde que sejam seguidas algumas recomendações. O período de internação é de 12 a 24 horas e, no pós-operatório, a paciente deve dormir de barriga para cima durante os 30 dias seguintes, evitar exercícios físicos que envolvam peso por aproximadamente 60 dias, além de fazer uso de um sutiã modelador durante o primeiro mês. A paciente já pode retornar às suas atividades diárias em média  15 dias após o procedimento, dependendo da recuperação e da atividade realizada.

Cirurgia Plástica | Mama