19B mama_masculina.jpg

Mama - Masculina

Ginecomastia é o nome dado a uma alteração anatômica que leva o homem a desenvolver o tecido mamário, resultando em mamas semelhantes às femininas. Essa variação pode ser devido a problemas hormonais, distúrbios decorrentes de alguma doença, uso inadequado de medicamentos e até mesmo ter característica hereditária.

 

A cirurgia de correção tem como objetivo retirar parte da glândula mamária que está aumentada, bem como o tecido adiposo e a camada de pele, que estão em excesso. O procedimento geralmente é realizado através de uma pequena incisão geralmente na borda inferior da aréola, e resulta na redução do tamanho das mamas, deixando-as com características masculinas.

Este procedimento cirúrgico tem duração média de uma a duas horas, e normalmente utiliza-se anestesia local com sedação, podendo também ser utilizada anestesia geral, a depender do quadro clínico de cada paciente. Na maioria dos casos, não há necessidade de internação, apenas de observação por algumas horas e cuidados pós-operatórios. 

 

Durante o processo de recuperação, o paciente leva cerca de duas semanas para voltar às atividades diárias, sendo recomendado o uso de um colete elástico no período de 30 a 45 dias após a cirurgia. As atividades físicas podem ser retomadas 30 dias após a retirada do colete cirúrgico.

Cirurgia Plástica | Mama