Cirurgia Plástica | Face

6B otoplastia.jpg

Otoplastia

A cirurgia plástica de orelha pode ter cunho reparador, como em casos de acidentes ou problemas congênitos. Pode ainda ser realizada com finalidade estética, para corrigir as chamadas “orelhas de abano”. Neste último caso, recomenda-se que a cirurgia seja realizada a partir dos sete anos de idade, quando as orelhas atingem um crescimento quase completo. O procedimento estético também pode ser realizado para correção de lóbulos, em decorrência do uso de brincos pesados ou alargadores, bem como é indicado para casos de orelhas muito grandes e/ou salientes, ou mesmo de insatisfação do paciente por algum motivo estético particular.

 

A otoplastia dura em média duas horas e é geralmente realizada com anestesia local e sedação. As incisões são feitas na parte de trás das orelhas, deixando as cicatrizes praticamente imperceptíveis.

O processo de recuperação costuma ser bem rápido em relação aos demais procedimentos faciais. O paciente fica durante as primeiras 24-72 horas com uma espécie de “capacete de atadura” para conter um possível sangramento pós-operatório. Após esse período, fica com um curativo até a retirada dos pontos, facilitando, com isso, o processo de cicatrização.

Os resultados da otoplastia já são visíveis após a retirada dos curativos, levando um período de aproximadamente 21 dias para que as orelhas atinjam sua forma natural.Porém, um resultado mais próximo do definitivo poderemos perceber após o terceiro mês de pós operatório.