• carolfonsecamed

Abdominoplastia

Atualizado: 10 de jul. de 2020

Quando há importante flacidez de pele abdominal, a lipoaspiração não é capaz de resolver o problema de contorno corporal. É necessária, pelo menos, a retirada de pele para que se faça um belo contorno corporal.

Na #abdominoplastia (ou dermolipectomia abdominal) procuramos harmonizar o contorno corporal através de manobras como a recomposição da musculatura da parede abdominal e a retirada de pele e gordura.


Beleza no contorno corporal

Cicatrizes na abdominoplastia


Existem diversos desenhos de cicatriz de abdominoplastia, sendo eles indicados de acordo com a necessidade (desde uma cicatriz como a da cesárea, uma cicatriz mais extensa horizontal e até uma combinação de cicatriz horizontal com a mediana).

A cicatriz horizontal deve ser programada para ficar dentro da marcação do biquíni e assim devidamente escondida, inclusive sobre vestes de banho. Pode ser necessária uma cicatriz ao redor do umbigo, que quando bem feita, depois de um tempo fica quase imperceptível.


Geralmente, os pacientes chegam ao consultório com queixas de acúmulo de #gordura, #flacidez cutânea, estrias abdominais causadas por distensão progressiva da pele (obesidade, gestação, ciclo engorda-emagrece), hérnias da parede abdominal e pós emagrecimento importante como o causado pela #cirurgiabariátrica. A redução da atividade física é também uma causa de hipotonia muscular, manifestada pela flacidez, aumento de volume abdominal e até ptose, com aparência de abdome em avental.


Sutura dos músculos abdmoninais

A extensão da cicatriz irá variar de acordo com o grau e flacidez e a quantidade de pele que se pretende retirar. Portanto, temos variantes da abdominoplastia clássica, como o miniabdome. No #miniabdome, consegue-se tratar muito bem a flacidez infraumbibilcal, e a paciente precisa ter pouca ou nenhuma flacidez supra umbilical para que o resultado seja bem sucedido. Pode também ser associada com a lipoaspiração de flancos e dorso, que conferem uma cintura mais fina e um contorno mais glamouroso.


É possível ainda, em casos selecionados, o uso da pele em excesso supraumbilical para preencher e ajudar a dar um formato mais gracioso à #mama, técnica chamada de abdominoplastia invertida. Dessa forma, a abdominoplastia oferece diversas vantagens na prática:


– Única forma de eliminar as estrias, principalmente as infra umbilicais,

– Poder ter a opção de voltar a usar um biquíni, sem ter vergonha da flacidez de pele,

– Ter uma cintura mais bem definida,

– Em casos de estiramento das estruturas musculares e aponeuróticas da parede abdominal, oferece ainda um realinhamento e até melhora dos hábitos intestinais,

– Correção de possíveis hérnias da parede abdominal.


Lembrando que não é uma cirurgia de #emagrecimento. O importante não é o que sai e sim o que fica e como fica. A paciente pode ir retornando às suas atividades normais em poucas semanas. A #dermolipectomia não impede a paciente de engravidar. É uma cirurgia que raramente complica quando realizada dentro de critérios técnicos.


Gostou deste artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Já está seguindo as minhas?


Dra Ana Carolina Fonseca

MÉDICA CIRURGIÃ PLÁSTICA

CRM: 52-78026-0

166 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo